QUAIS DOCUMENTOS SÃO NECESSÁRIOS PARA IR E PERMANECER NA ITÁLIA

visto de estudo para itÁlia - Imagens 1

Carteira de identidade, passaporte, visto de turista, visto de estudo, cartão de saúde, declaração de presença, autorização de residência

O que é o visto de estudo

O visto de estudo é um documento necessário apenas para estudantes residentes em países não pertencentes à UE que decidam fazer um curso de italiano e permanecer na Itália por um período superior a três meses.
Reiteramos que apenas os escritórios consulares italianos no exterior têm autoridade para conceder qualquer tipo de visto para a Itália (incluindo vistos de estudo).
Por este motivo, o pedido de visto só pode ser feito no consulado italiano em seu país. A decisão de conceder o visto cabe exclusivamente ao escritório de vistos dos consulados italianos no exterior.
Nossa escola só pode aconselhá-lo a fim de lhe dar mais chances de obter um visto, enviar-lhe os certificados necessários exigidos pelas autoridades consulares italianas para solicitar um visto de estudo e ajudá-lo no procedimento de solicitação de visto ou em caso de problemas inesperados.
Analisamos a seguir todos os casos com base na nacionalidade dos alunos e de acordo com o tempo de permanência na Itália.

Permacência na Itália em um período de menos de três meses (-90 dias)

Se a sua nacionalidade não faz parte de um país da União Europeia (espaço Schengen), é sempre obrigatório ter um passaporte válido para qualquer período de permanência na Itália.
Uma permanência na Itália por menos de 90 dias é considerada pelas autoridades italianas como turismo, mesmo que o motivo da viagem seja a realização de um curso de italiano para estrangeiros.
Se você planeja ficar na Itália por menos de três meses, os documentos necessários e o procedimento para entrar na Itália serão diferentes para cada país. Por esse motivo, recomendamos que você solicite informações diretamente à embaixada italiana em seu país de residência. De acordo com nossa experiência, esses são os principais casos.

  • Para cidadãos de alguns países é possível chegar e ficar na Itália sem nenhum documento específico.
  • Para cidadãos de alguns países, quando você chegar na Itália, é suficiente informar o motivo da sua permacência na Itália e mostrar nosso certificado de matrícula.
  • Em alguns países, é necessário solicitar um visto de turista na embaixada italiana. Para obtê-lo você precisará apresentar o certificado de matrícula nos cursos da nossa escola.
  • Para países considerados pelo Ministero dell’Interno como de alto risco de imigração, procedimentos mais complexos são necessários e, eventualmente, nenhum tipo de visto pode ser obtido.
    Você pode verificar na página da web do Ministério das Relações Exteriores da Itália se você precisa de um visto para entrar na Itália.

ATENÇÃO: Para qualquer país, na ausência de um visto, quase sempre não é possível permanecer na Itália por mais de três meses, e normalmente não é possível fazer ou renovar um visto na Itália.
ATENÇÃO: Memso que o atendimento de saúde para doenças e lesões graves seja gratuito na Itália, ainda recomendamos que você faça um seguro de saúde pessoal em seu país que cubra qualquer tipo de necessidade não grave. Caso você não consiga fazê-lo, podemos fazer isso por você.

Permanência na Itália por mais de três meses (+90 dias)

Se você pretende ficar na Itália por um período de mais de três meses e sua nacionalidade não faz parte dos países da União Europeia (espaço Schengen), é obrigatório ter um passaporte válido com um visto de estudo que pode ser solicitado na embaixada italiana do seu país.

O que fazer antes de planejar uma viagem de estudos à Itália por um período de mais de três meses

  • Decida as datas da sua estadia na Itália
  • Enviar um e-mail para a escola falando sobre as suas intenções de se inscrever em um curso de italiano por mais de três meses. Desta forma, podemos dar dicas úteis para o procedimento de obtenção de visto e para a sua viagem a Florença.
  • Inscrever-se em um curso de pelo menos 20 horas semanais (mínimo permitido para obter o visto). Para um visto de estudo futuro, o mesmo poderá ocasionalmente também ser solicitado com apenas 10 horas por semana.
  • Preencher e enviar o formulário de inscrição.
  • Entre em contato com o consulado italiano em seu país para declarar suas intenções de fazer um curso de italiano na Itália, pergunte se você precisa obter um visto de estudo e quais documentos são necessários.
  • Lembre-se: antes de reservar sua passagem aérea, você deve primeiro se certificar de que conseguirá um visto de estudante.
    Você pode encontrar os contatos das embaixadas e consulados italianos no exterior no site do Ministério das Relações Exteriores da Itália.
  • Agendar atendimento no consulado italiano para receber o visto

    ATENÇÃO Como para alguns países o procedimento para obter o visto de estudo pode ser longo e complicado, recomendamos que você decida as datas de sua estadia na Itália pelo menos dois a três meses antes de sua chegada à Itália (de preferência 4-5 meses antes) .
    ATENÇÃO Lembre-se de que, após obter o visto de estudo, você pode entrar na Itália até 30 dias antes do início do curso, e sair da Itália até 60 dias após o final do curso.
    ATENÇÃO O visto de estudo para a Itália permite que você viaje legalmente em todos os países da UE (área Shengen) durante toda a duração do seu visto.

Se o consulado avaliou positivamente sua condição para conceder o visto de estudo, estes são os requisitos obrigatórios para solicitar um visto para uma permanência maior:

  • ter um passaporte váldo.
  • fornecer o certificado de matrícula e o documento comprovando que a escola é reconhecida pelo Ministério da Educação italiano.
  • comprovar que o curso de italiano em questão foi quitado completamente (exigido pela lei italiana).
  • comprovar a reserva da acomodação. Se você reservar acomodação com a escola, nós lhe forneceremos o documento de declaração de reserva de acomodação.
  • demonstrar capacidade financeira suficiente para se manter durante o período de sua estada na Itália.
  • fornecera apólice de um seguro de saúde pessoal (veja abaixo para mais informações) válido para o exterior.
  • entregar uma carta motivacional e ter uma entrevista com um agente consular responsável pelos vistos.
  • passagens aéreas de ida e volta.

Seguro de saúde

Como fazer um seguro de saúde pessoal para a Itália
Para permanências de estudo na Itália superiores a três meses, é obrigatório fazer um seguro de saúde pessoal. Você tem três opções disponíveis: contratar um seguro de saúde particular no seu próprio país, pedir à nossa escola para fazer um seguro para você. Nesse caso você poderá escolher entre um seguro particular ou um seguro público sob serviço do Sistema de Saúde Italiano.

Permissão de permanência

O que é a permissão de permanência
A permissão de permanência é um documento que permite aos cidadãos não pertencentes à UE permanecerem legalmente na Itália por longos períodos (mais de três meses). Possui a mesma duração da data do curso.
Permissão de permanência na Itália
Se a sua nacionalidade for de um país não pertencente à UE e você recebeu um visto de estudo por um período superior a 90 dias, você deve solicitar uma permanência na Itália dentro de 8 dias da sua chegada à Itália.
Quando você chegar na escola, daremos a você a assistência necessária e informações úteis para o envio da solicitação a ser feita nos correios próximos à escola.

Renovação da permissão de permanência na Itália

Se você possui um visto de estudo, é possível estender sua estada na Itália após o vencimento do visto, fazendo o procedimento para renovar a a permissão de permanência. Neste caso você precisa se inscrever em um de nossos cursos e apresentar um novo certificado de inscrição.
Lembre-se de que esta solicitação deve ser apresentada até 60 dias antes do vencimento da autorização de residência anterior.

Gostaria de fazer uma viagem para Florença e participar de um de nossos cursos? Contate-Nos!